fbpx

BLOG T-HOTEL

Aguardando a subida da procura

Turismo vai abrir a partir de Maio. E a procura (para hotelaria) vai abrir quando? Aí é que reside o principal indicador. Porque abertos para estadias de Maio em diante estão todos os hotéis do país, só fecharam reservas para Abril.
/
/

< 1 minutos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quem monitoriza diariamente a procura dos clientes (a sua intenção de compra nos canais digitais) sabe que a linha subiu um bocadinho esta semana (muito ligeiramente) no mercado nacional.

Sabemos também que o mercado nacional é aquele em cujo custo de aquisição é maior, pela pesquisa intensiva, indecisão e comparação ao nível da exaustão levando os hotéis a maiores investimentos e constante re-aquisição do mesmo potencial cliente.

Neste cenário o custo de aquisição irá disparar porque os meios para o fazer vão estar a ser utilizados por um conjunto de concorrentes superior.

O retorno é historicamente inferior quando comparado com os restantes mercados geográficos pois tendem a comprar o mais barato e menos noites.

Comportamento compreensível devido ao poder de compra inferior que apresentam, o qual estará ainda mais comprometido agora – com exceção dos que continuaram a trabalhar ou os que não viram o seu vencimento diminuído.

Estamos a falar de um mercado interno (escasso para alimentar a oferta) e não no seu todo, mas sim formado por nichos mais pequenos.

Algarve, Alentejo e zonas remotas do país serão certamente os primeiros destinos a notar a diferença recebendo o êxodo das cidades. E quem está no campo será que vai querer vir explorar as cidades (Lisboa e Porto nomeadamente)?

Todos os dias verificamos a linha da procura, sempre com a esperança de a ver subir. E ela irá subir mas ao seu ritmo.

Comentários